Lar Tecnologia Cão-robô vai começar a trabalhar em aeroporto nos EUA
Tecnologia

Cão-robô vai começar a trabalhar em aeroporto nos EUA

Depois de serem testados como assistentes de policiais na Espanha e como terapia para idosos no Reino Unido, os cães-robôs terão um novo desafio agora: trabalhar no Aeroporto Internacional de Fairbanks, no Alasca, Estados Unidos.

O modelo escolhido foi o Spot, da empresa Boston Dynamics. Para o frio do Alasca, porém, ele recebeu uma nova pintura e um novo nome: Aurora, em referência à aurora boreal.

Leia mais

O anúncio foi feito pelo Departamento de Transportes e Instalações Públicas do estado americano. A “nova contratação” foi destaque nas redes sociais.

Como é possível ver pelo vídeo, a máquina é capaz de se locomover em diferentes tipos de terreno, inclusive escadas, oferecendo umas grande versatilidade para as autoridades americanas.

Criado em 2015, ele evoluiu bastante de lá para cá e, segundo a Boston Dynamics, pode suportar tranquilamente temperaturas de até – 20ºC.

O que o Aurora vai fazer no aeroporto?

  • De acordo com o governo do Alasca, o robô será usado para “melhorar e aumentar a segurança aeroportuária”, tentando evitar encontros perigosos entre aviões e animais selvagens.
  • De acordo com o banco de dados da Administração Federal de Aviação americana, 92 ocorrências envolvendo animais foram relatadas perto de aeroportos no Alasca no ano passado.
  • Isso pode significar um acidente grave, o atraso de um voo ou até mesmo a morte do bichinho.
  • Para evitar isso, o Aurora fará patrulhas regulares, de hora em hora, na pista.
  • Se encontrar algum animal selvagem ou ave migratória, ele tentará afastá-la.
  • Se não conseguir, emitirá um aviso às autoridades para que façam a retirada.
  • Os especialistas estão seguros de que o cão-robô não encontrará dificuldades em relação às aves.
  • Eles, porém, ainda estão reticentes sobre encontros com animais grandes, como ursos e alces.
  • Testes serão feitos e uma alternativa será modificar a cor do robô, tentando dar a ele a aparência de um coiote ou uma raposa.
Spot
Spot / Reprodução: Divulgação/Boston Dynamics

Uma opção para o futuro

Robôs como esse não são baratos. O Spot custa algo em torno de US$ 70 mil. O Aurora, porém, foi de graça para o Alasca, uma vez que chegou via doação federal.

Indagado sobre por que não utiliza um cachorro para o serviço (o que sairia mais barato), o responsável pelo Aurora, Ryan Marlow, explicou que a máquina tem suas vantagens:

“Um Border Collie requer comida, treinamento, sente frio e não coleta dados para nós”, disse o especialista.

Ele também afirmou que o cão-robô é uma alternativa mais segura aos próprios animais selvagens. No passado, já chegaram a jogar produtos químicos em alguns bichinhos para que eles não voltassem ao local.

Aurora será colocado para trabalhar no início da temporada de aves migratórias, no outono. Boa sorte ao novo funcionário!

As informações são do The Verge.

O post Cão-robô vai começar a trabalhar em aeroporto nos EUA apareceu primeiro em Olhar Digital.

Artigos relacionados

Botafogo x Juventude: onde assistir, horário e escalações do Brasileirão

Neste domingo (21), o Botafogo recebe o Juventude para a terceira rodada...

TikTok: como criar GIF para a foto de perfil

Que o TikTok permite diversas customizações, tornando o uso do aplicativo mais...

Restos mortais queimados indicam revolução violenta na sociedade maia

Novas descobertas podem ajudar a entender melhor um momento de transformação da...

Athletico-PR x Internacional: onde assistir, horário e escalações do Brasileirão

Neste domingo (21), Athletico-PR e Internacional fazem a terceira rodada do Brasileirão...